Postagens

Breve comentário sobre moralidade, liberdade e querer

Cada sociedade possui um código de conduta que caracteriza os princípios e ações de uma pessoa dentro de uma comunidade, sendo essas normas de convivência os parâmetros para determinar o bom e o mau indivíduo. Se um ente não estiver condizente com a moral, este será tido como “marginal” – por suas atitudes serem consideradas incorretas – em contrapartida, se houver uma harmonia, este mesmo ser agirá de boa fé, segundo os conceitos morais de onde ele estiver inserido.

 O exercício pessoal da ação moral contribui para o bem estar social mas abre algumas diferentes perspectivas sobre o intelecto humano. Dentre as quais, a liberdade. Eis a dúvida: O homem que decide agir segundo a moral decide livremente ou sob alguma influência? Levando em consideração que ao nascermos já estamos dentro de uma construção moral e que presenciamos a aversão ao moralmente incorreto, somos livres para exercer a moral à nosso bel-prazer ou somos induzidos pela censura social ao comportamento contrário?   Muitos…

Formação docente na educação infantil

Por uma personalidade sem máscaras

Exploda-se o racismo

Conhecimento Filosófico

A importância da auto avaliação

ENEM FILOSOFIA: Crítica a Metafísica

A importância da parceria escola-família: por uma escola melhor.

DIGA NÃO A CORRUPÇÃO: Por uma educação melhor

MANIFESTO: Por uma pátria Brasileira I

licença de direitos autorais

spider.Ad

Adsense