Conhecimento Filosófico



Conhecimento filosófico é aquele que não precisa de experimentação como o cientifico, mas o que necessita de observação, questionamento e o pensamento como base, pautado no cotidiano com a função de fazer o sujeito conhecedor refletir o meio em que está e as transformações que causou ou pode causar nele.
Esse conhecimento tem como centralidade as ideias, elas são pensadas transcendentalmente, analisadas paulatinamente e com dedicação, desta maneira os filósofos vão à busca da verdade não só sobre o sentido da vida, como também sobre a educação, a religião, os sentimentos, a cultura, a arte, entre outros.
Exemplo:
Qual o sentido da vida? Deus existe? Qual o sentido da existência do homem? Quem sabe por qual porta a sabedoria vai entrar?  O que é o amor?
Toda questão relacionada aos pensamentos e a falta de respostas comprovadas, que dão uma “pane” no sistema nervoso central e ao mesmo tempo o faz ter hiperfoco.

Em resumo, o trabalho do filosofo é pensar transcendentalmente sobre as questões que atingem o homem e faze-los refletir cada aspecto de suas forças e suas fraquezas, e assim gerar o conhecimento filosófico; pois para a filosofia, sábio é aquele que tem a dimensão de quanto não sabe!

Cleidiane Vitória Santana

Comentários

  1. Eu tenho totalmente estas perguntas, o pior é que elas não possuem respostas e se possuirem serão de filosófos ou ciêntistas, mas não irei acreditar ainda!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

licença de direitos autorais

spider.Ad

Adsense